domingo, 18 de setembro de 2016

SEQUÊNCIA DIDÁTICA: DIA DA ÁRVORE



Público-alvo: Alunos de 1º ao 5º Ano do Ensino Fundamental

Tempo estimado: 1 semana

Objetivos:
·         Despertar em cada criança a consciência ambiental para que tenham atitudes de preservação e respeito com o meio ambiente.
·         Conhecer a importância das árvores no ambiente urbano para que possam valorizá-las e preservá-las.

Justificativa:
As árvores são verdadeiras fábricas de saúde, devido aos inúmeros benefícios que oferecem sem elas a vida nas cidades seria praticamente impossível. Sendo a escola um espaço de construção de saberes e de desenvolvimento de habilidades e competências necessárias à formação de um sujeito crítico, responsável, investigador e interativo, pretende-se realizar esta sequência didática a fim de promover o conhecimento e valorização das árvores e seus benefícios, bem como a reflexão e mudança de atitudes frente ao meio ambiente.

Conteúdos:
·         Meio Ambiente – árvores
·         A serem definidos pelo professor...

Ações Didáticas:
·         Apresentação do texto “O menino e a árvore” de S. Silverstein, traduzido por Fernando Sabino; explorando as ideias principais através de questionamentos orais e escritos.
·         Produção de texto sobre a importância das árvores.
·         Passeio ecológico de observação das árvores existentes no entorno da escola.
·         Passeio ecológico ao Horto Florestal ou Viveiro para conhecer o processo de produção de mudas de árvores.
·         Plantio de mudas de árvores.
·         Elaboração de croqui com a localização e nome das árvores existentes na escola.
·         Confecção de uma árvore em EVA para exploração das partes de uma planta superior completa.
·         Exploração de partes das plantas: frutos, folhas, galhos.
·         Elaboração de panfleto sobre a importância das árvores e preservação.
·         Atividades de pintura, recorte e colagem.
·         Pesquisa no laboratório de informática sobre curiosidades das árvores e espécies nativas.
·         Elaboração de um painel com as curiosidades pesquisadas.
·         Diálogo e discussão sobre desmatamento.
·         Teatro “A Árvore e seus amigos”.

Avaliação:
Será avaliada a participação, envolvimento, criatividade dos alunos individual e coletivamente durante a realização das atividades.


Desenvolvimento das atividades propostas:


Apresentação do texto “O menino e a árvore” de S. Silverstein, traduzido por Fernando Sabino; explorando as ideias principais através de questionamentos orais e escritos.

·         O texto está disponível em:


·         O texto poderá ser apresentado em forma de cartaz, para exploração oral, na qual pode-se utilizar uma metodologia de leitura mais dinâmica e diversificada (leitura coletiva, leitura por grupos através de fichas distribuídas com imagens de espécies diferentes de árvores ou partes de uma planta), destacar palavras-chaves no texto, procurar palavras com determinadas dificuldades ortográficas.

·         Junto ao texto, poderá haver a imagem de uma árvore para que coletivamente os alunos enfeitem, utilizando folhas coletadas, galhos, pintura.



 Produção de texto sobre a importância das árvores.


Para esta atividade poderão ser utilizados slides, em Power Point ou outro programa, com as utilidades das árvores para que sejam discutidos pela turma. Ou por meio de pesquisa solicitada como tarefa (tema de casa). Dessa forma, os alunos iniciam a compreender que um texto com argumentos precisa ter embasamento, só se escreve bem sobre aquilo do qual se tem conhecimento.








Passeio ecológico de observação das árvores existentes no entorno da escola.

O passeio de observação pode ser feito dentro do próprio pátio da escola, caso este seja bem arborizado. Caso seja possível, convidar um biólogo, engenheiro florestal ou agrônomo para junto aos alunos realizar a identificação das espécies encontradas. A partir disso, elaborar um croqui do pátio da escola com a localização das árvores e seus nomes comuns; também poderão ser confeccionadas plaquinhas de identificação para as árvores. E ainda, uma pesquisa sobre as espécies encontradas: curiosidades, uso medicinal, uso da madeira, frutos, aves que apreciam os frutos, longevidade média.



Passeio ecológico ao Horto Florestal ou Viveiro para conhecer o processo de produção de mudas de árvores.

Visitar um viveiro onde sejam produzidas mudas de árvores, a fim de conhecer o sistema de produção, desde a semeadura até a muda pronta para o plantio. Registrar fotograficamente o passeio para confeccionar um pôster com as imagens e relatos dos alunos. Se possível, solicitar a doação ou comprar uma(s) muda(s) de árvore(s) para ser (em) plantada(s) pelos alunos na escola ou outra área.



Confecção de uma árvore em EVA para exploração das partes de uma planta superior completa.

A professora poderá confeccionar a árvore e levá-la para que os alunos montem, explorando cada uma das partes e suas funções: raiz, caule (tronco), folhas, flores, frutos e sementes. Utilizar ainda como registro escrito alguma atividade xerocada sobre as partes da planta (existem diversas disponíveis na internet).
Ainda explorando as partes da planta, seria válido levar diferentes tipos de sementes, folhas e frutos para os alunos explorarem.



Elaboração de panfleto sobre a importância das árvores e preservação.
Através de recortes e colagens, cada aluno elabora um panfleto sobre a importância das árvores e preservação das mesmas, após entregá-los na vizinhança da escola.



Pesquisa no laboratório de informática sobre curiosidades das árvores e espécies nativas.
Realizar uma pesquisa na internet sobre curiosidades das árvores, espécies da região, desmatamento. Discutir em sala de aula sobre tudo que foi descoberto na pesquisa e após montar um painel.




 Teatro “A Árvore e seus amigos”.
Para finalizar, apresentar para colegas de outras turmas um teatro, aproveitando o espaço escolhido para expor todos os trabalhos realizados sobre o tema.

A Árvore e seus amiguinhos
As crianças formam três grupos no palco.

GRUPO A: Crianças
GRUPO B: Passarinhos
GRUPO C: Flores

As crianças do grupo B caracterizadas de passarinho, com máscaras com bicos e asas de papel crepom (aprenda a fazer aqui). As crianças do grupo C caracterizadas de flores com toucas, com pétalas, blusinha e saias em papel crepom ou tule (tem dicas pra fazer aqui). Uma menina representa a árvore. Quando os coleguinhas formam os grupinhos, ela já deve estar lá, ao centro bem quietinha. Ela observa em torno de si e logo exclama:
- Como está lindo o meu jardim! Parece que a primavera está chegando...
As crianças dos grupinhos A, B e C falam:
- Bom dia, Senhora Árvore! Bom dia!
A árvore responde:
- Bom dia! Quem são vocês? O que fazem no meu jardim?

GRUPO A
Somos muitas crianças;
Tua sombra viemos procurar.
E também os teus frutinhos
Queremos experimentar.
O teu cantinho é gostoso,
Teu ar puro é proteção.
O teu fruto delicioso
É doce alimentação.
A árvore se dirige aos passarinhos:
- Vocês aí, quem são?

O GRUPO B
Somos os passarinhos,
Em ti faremos nossos ninhos.
Aqui viveremos contentes
A cantar pra toda gente.

O GRUPO C
Somos as flores.
Que a Primavera traz em profusão.
Flores que nascem da terra.
E flores que jogas no chão.
Nós nos misturamos assim,
Numa alegria de cores.
E fica todo o teu jardim,
Enfeitadinho de flores.
A árvore exclama contente:
- Estou contente! Tenho muitos amiguinhos no meu jardim.

Para terminar, a árvore e seus amiguinhos cantam:
(Música: Pirulito que Bate Bate)

Passarinho a saltitar,
Cantando alegre assim.
Flores a enfeitar
Para sempre o meu jardim!

Primavera aqui sentimos,
Tantas flores nunca vimos. {bis

Borboletas a voar,
O sol brilhando enfim.
Flores a enfeitar,
Como é lindo o meu jardim.

Fonte: Brincando no Palco




 Por Daniela Gonçalves Oliveira – Blog Alfabetização Divertida

2 comentários:

  1. Adorei este roteiro, o conteúdo, a didática e principalmente a consciência da docente, da qual nos apercebemos pelo dístico de Mandela, pela distribuição e diversidade das tarefas, pela dinâmica da aula. Parabéns, professora Daniela, gostaria pudéssemos ter trabalhado juntas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suely, me sinto honrada e grata pelas tuas palavras. Obrigada!!!!

      Excluir